alerta: Tem um tarifÁrio de telemÓvel da MEO, da altura em que a empresa ainda se chamava TMN? Se sim, entÃO pode estar a pagar mais sem saber!

Segunda-Feira, 20 de Outubro de 2014

Omega Paw - Roll N'Clean Litter Box

ALERTA

Se tal como eu, ainda tem o tarifário de telemóvel LEVE da MEO (ou o +LEVE), então temos vindo A SER PENALIZADOS no custo das chamadas e mensagens SMS. Esta situação continuará enquanto não mudarmos de tarifário. Isto, porque a MEO criou um
tarifário chamado START, cujas características são iguais ou mais vantajosas que os LEVEs mas com as comunicações mais baratas. A tabela seguinte compara as características e preços dos três tarifários.

TABELA 1. Comparação dos tarifários LEVE, +LEVE e START
(se clicar no nome do tarifário, pode ver as informações disponibilizadas pela MEO para o tarifário em causa)

 

LEVE

+ LEVE

START

Tipo

Pré-pago

Pré-pago

Pré-pago

Carregamentos
Obrigatórios

não

não

não

 

 

 

se não
carregar

se
carregar
**

se não
carregar

se
carregar
**

Custo chamadas para todas as redes fixas e móveis, por minuto

0,338 €

0,264 €

0,159 €

0,25 €

0,15 €

Custo SMS

0,145 €

0,110 €

0,110 €

0,10 €

0,10 €

Taxação após 1º minutos

30 em 30 segundos

10 em 10 segundos

**Por cada euro de carga, tem-se acesso a estes preços bonificados durante 2 dias, até um máximo de 30 dias.

Atualmente, só é possível aderir ao tarifário START, pois os LEVEs foram descontinuados. Contudo, os LEVEs continuam ativos apesar de desatualizados. Clientes que tinham um dos tarifários LEVEs, e que a nível nacional são CERTAMENTE EM NÚMERO SIGNIFICATIVO, continuam a tê-lo, caso não tenham pedido para alterá-lo. Note-se, que para o cliente, não faz sentido ter qualquer um dos LEVEs, já que o START só tem vantagens (na prática, o START é um LEVE ou um +LEVE, mas mais vantajoso para o cliente). Devido a esta situação, na atualidade, existem clientes com o START a pagar um determino valor pelas comunicações e simultaneamente os clientes com os tarifários LEVEs a pagar mais POR ESSAS MESMAS COMUNICAÇÕES, SEM QUALQUER CONTRAPARTIDA. Espetacular não é?

Se é verdade que cabe ao cliente manter-se informado e legalmente é a ele que cabe mudar de tarifário, acontece que moralmente é reprovável que a MEO pouco ou nada faça para por fim a esta situação. Uma situação de desigualdade, que ELA PRÓPRIA CRIOU e que é CLARAMENTE desvantajosa para os cliente dos LEVEs. É reprovável que não tenha atualizado o preço dos tarifários desatualizados (dos LEVES), ou alternativamente, que não tenha contactado esse grupo de clientes, mas contacte a vender serviço de televisão, serviço de internet, realizar inquéritos e até mesmo para informar que o nosso número foi escolhido para um sorteio, etc. A meu ver, empresas que se preocupam com os clientes, empresas sérias e confiáveis, não têm este comportamento.

Como cliente TMN (atual MEO) que tem o tarifário LEVE, sinto-me lesado pois tenho andado a pagar mais desnecessariamente. Como se não bastasse, agora querem cobrar-me 6€, caso eu queira mudar do LEVE para o START. Isto, com a justificação de que não é a primeira vez que mudo tarifário. Acho ridícula esta política da MEO, nesta situação excecional. Não é suficiente, eu ter vindo a pagar mais pelas comunicações? Além disso:

- Como está no site da MEO, uma pessoa que não seja cliente, pode pedir um cartão com o tarifário START, gratuitamente. Já eu, que sou cliente, tenho que pagar 6€ para ter acesso a esse tarifário? LOL.

  • - Acho que também deveria ser levado em consideração, que em cerca de 14 anos, mudei no máximo 2 vezes de tarifário, ou seja, não ando a mudar de tarifário de forma abusiva.

CONCLUSÃO & SUGUESTÃO

O alerta aqui deixado, afeta SÉRIA e certamente quem tem um o tarifário LEVE da MEO. Porém, se você tem um tarifário mais antigo desta operadora (ex: tarifários da altura em que a MEO se chamava TMN), pode estar eventualmente a pagar mais ou estar numa outra situação de desvantagem em relação aos tarifários mais recentes. Se tiver um tarifário mais antigo, sugiro que tome a iniciativa de o comparar com os mais recentes.

MENSAGEM PARA A MEO

Para terminar… MEO, ao final de 14 anos, claro que não é fácil deixar-te... mas perante o que está a acontecer, tenho que pensar... Sinto-me lesado com a tua inércia ou ganancia. Acho que te estás a cagar para a minha satisfação apesar de andares para ai a dizer “PORQUE A SUA SATISFAÇÃO É MUITO IMPORTANTE PARA NÓS”. Enquanto andas por ai preocupada a angariar novos clientes, coisa que eu até compreendo, acabas por te esquecer e por dar piores
condições aqueles que são já teus clientes, e isso eu já não compreendo
.

Quando te chamavas TMN costumavas dizer-me, carinhosamente, ATÉ JÁ…
Agora, pode ter chegado a altura de te dizer, com o mesmo carinho, ATÉ NUNCA MAIS…

FONTES:

- Experiência pessoal;
- Tarifário START da MEO;
- Tarifários pré-pagos anteriores da MEO. O tarifário LEVE esta na página 16 e o +LEVE na página 2;
- Informação de que cartão com o tarifário START é gratuito para novos clientes.


Atualização #1 - Vodafone tem a mesma má prática
Criada em 23 de Outubro de 2014

Pelo que consegui apurar, a prática de criar um novo tarifário com as mesmas características de um outro já existente, mas com um custo das comunicações mais benéfico, a que o cliente do tarifário existente apenas tem acesso se estiver atento e fizer a alteração, acontece também na Vodafone.

Um exemplo concreto disto, são os tarifários Vodafone DIRECTO e Vodafone DIRECTO 8. Primeiramente, foi criado o Vodafone DIRECTO em que o custo das chamadas era de 18 cêntimos/minuto para todas as redes, sendo necessário efetuar carregamentos para que as chamadas ficassem a 8 cêntimos/minutos. Posteriormente, foi criado o Vodafone DIRECTO 8, com as mesmas características, mas com o custo das chamadas SEMPRE a 8 cêntimos/minuto. Os clientes com o tarifário Vodafone Directo que não se aperceberam da criação do Vodafone Directo 8, continuam com o tarifário desvantajoso, sem que sejam informados pela operadora.

Esta situação está descrita no fórum zwame.pt, neste comentário, feito pelo utilizador nf15886a, um cliente Vodafone, que se apercebeu e não gostou do sucedido (link alternativo para o comentário, se o anterior deixar de funcionar).


Atualização #2 - Minha reclamação e solução da MEO
Criada em 25 de Outubro de 2014

Um dia depois de expor o alerta aqui no site, apresentei-o, sob a forma de reclamação/alerta, no portaldaqueixa.com, aqui. Depois de aprovada e publicada a reclamação/alerta, fui contactado pela MEO, em menos de 24H e:

- Alteraram o meu tarifário LEVE para o tarifário START, de forma gratuita, tal como eu tinha à MEO, aquando da reclamação, para a sua resolução;

- Creditaram 10€, em saldo, no meu cartão de telemóvel.
Este crédito deveu-se ao facto de eu ter proposto, aquando da reclamação, que me fosse devolvido o dinheiro que andei a pagar a mais, desnecessariamente, pelas comunicações. O valor de 10€ foi definido pela MEO, perante a impossibilidade de se conseguir determinar o valor exato daquilo que eu tinha proposto.

Embora continue insatisfeito com a situação que originou a reclamação, fiquei satisfeito com a forma que a MEO lidou com a reclamação. Senti que a MEO se esforçou, dentro do possível, para diminuir a minha insatisfação.

Ainda assim, aquilo que eu gostaria que realmente acontecesse, seria que a MEO, no futuro, sempre que criasse um tarifário com as caraterísticas de um existente (normalmente para atrair novos clientes), mas com melhores preços, procurasse garantir os mesmos preços aos clientes do tarifário existente.



 

PARTILHAR:



 

COMENTÁRIOS:
- Deixe o seu comentário por aqui. Caso não deseje que ele seja publicado, indeque-o na mensagem. O email, caso forneça, não será publicado, mas o nome que escolher sim.