4. Requisitos do protocolo para operação online e disconnected

Um protocolo de acesso a mensagens online formal deve poder manipular mensagem armazenadas remotamente como se estivessem localmente. Pelas razões citadas atrás, uma solução completa requer que seja realizado independentemente do protocolos de sistemas de ficheiros gerais.
Assim se alguém fosse projectar um protocolo (ou a família de protocolos)para suportar um sistema de mensagens cliente-servidor de alta qualidade, que capacidades seriam precisas?

Iria precisar de oferecer:
- Operação para Offline, online, e disconnected.
- Clientes Nomade (dataless) clientes, sem confiar nos protocolos de ficheiros remotos.
- Envio, recuperação e salvação (guardar) de mensagens.
- Administração da pasta remota.
- Recuperar e actualizar a informação do estado de cada mensagem.
- Recuperar e actualizar informações pessoais de configuração.
- Suportar caixas de correio partilhadas (vários utilizadores).
- Optimização do desempenho Online.
- Compatibilidade com os padrões de Internet mais relevantes para evitar ter qualquer gateway de email.

Na Internet, o envio de mensagens é realizado pelo Simple Mail Transfer Protocol (SMTP). Como o SMTP é realmente simples, há não nenhuma vantagem particular em duplicar esta funcionalidade no protocolo de acesso a mensagens, e nem o POP e o IMAP o fazem. Igualmente, aceder e actualizar informações de configurações pessoais é delegado para um outro protocolo. No caso do IMAP, o protocolo que suporta a configuração é chamado de IMSP (Internet Message Support Protocol) e foi desenvolvido na Universidade Carnegie Mellon. Consequentemente, as próximas secções estarem centradas no acesso a pastas remotas e capacidades de manipulação, assim como considerações de desempenho quando os clientes e servidores estão.

A operação disconnected requer as mesmas exigências que a operação online, para além de exigir que as mensagens numa pasta particular sejam identificadas de modo único ao longo da vida daquela pasta. É desta maneira que os clientes e servidores podem sincronizar periodicamente o estado de mensagens particulares.